Fheluany Nogueira
Literatura e Emoção
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


 
  Bastou abrir a janela


 
Bastou abrir a janela e ali estava:
atitude de quem não estivesse,
o longo olhar seguro, cativava
o rosto-menino sereno, enrubesce...
 

Bastou abrir a janela e ali estava:
com expressão de quem encantava,
trazia o cheiro doce de resinas,
o vagar imaginário por campinas...
 
Bastou abrir a janela e ali estava,
fez ficar alegre a tarde, sem dor,
levemente palpitante, excitada,
fez calar todos os gritos de desamor...


 
Fheluany Nogueira
Enviado por Fheluany Nogueira em 07/11/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários