Fheluany Nogueira
Literatura e Emoção
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


       
     Nas Ravinas

 
Pairavam leves sonhos,
voavam os desejos quebrados,
os olvidos se batiam em queixas,
e as cores boiavam,
na escuridão da ravina...
 
E lá, nenhuma cor se definia em verdade,
uma música se perdia na outra, sem término,
a névoa fina invadia as depressões
voavam os desejos partidos,
no castanho da ravina...
 
Sons malferiam docemente os ouvidos,
em escalas, camadas,
dominavam os delíquios,
tudo flutuando, vagante,
no verdejante da ravina...



 
 
 
 
Fheluany Nogueira
Enviado por Fheluany Nogueira em 25/09/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários